Atuação – Assentamento Rural Paulo Freire III, Pureza/RN – 06/07/14

10653812_679122992172972_294889983296569442_n

10609618_679122932172978_439461313973191875_n

 

10433943_679122965506308_2186688792334360688_n

1536434_679122892172982_1962878314504566077_n

10352262_679121872173084_6044297710696494186_n

10626599_679122802172991_2976207351103778527_n

15749_679122762172995_7654713901294408501_n

10609460_679122738839664_1287189204351021868_n

10628020_679122702173001_1877682750995737557_n

10511303_679122658839672_7309639434409366477_n

10629720_679122602173011_7857996482260201695_n

10405410_679122535506351_8302919136405551056_n

10629789_679122432173028_1540130159858333247_n

10629684_679122408839697_4430360498597158154_n

10606127_679122282173043_3981914752208743690_n

10408524_679122242173047_164795122719716281_n

10405430_679121932173078_8598724523652985970_n

10672296_679121965506408_1410170311606206960_n

10593217_679122228839715_5267270120946604409_n

10603410_679122135506391_3313974615472832542_n

No dia 06/07/14, tivemos nossa primeira atuação no ano com o assentamento Paulo Freire III, localizado em Pureza/RN. Com um foco de atuação na Juventude do assentamento, novos desafios e perspectivas surgem.

Fotos: Catarina Santos

Anúncios

Cerimônia de Encerramento de Curso do SENAR/SEBRAE no Assentamento Paulo Freire III

O Programa Negócio Certo Rural encerrou nesta terça-feira, 01 de julho, no Assentamento Rural Paulo Freire III, Pureza/RN, um curso de capacitação com 17 assentados que ocorreu do mês de Abril até Junho, através de uma parceria entre Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio grande do Norte (SEBRAE-RN).

Ocorreu uma cerimônia de encerramento com os assentados e assentadas capacitadas e instituições parceiras. A cerimônia  contou com a presença da prefeita do Município de Pureza/RN, Maria da Conceição (PT), de representantes do SENAR, do SEBRAE, do RN Sustentável, do Programa Motyrum de Educação Popular em Direitos Humanos da UFRN, da Associação dos Produtores Agrícolas de Bebida Velha (APABEV), do INCRA, da CREARP, da ONG A Gente e do Conselho Municipal de Pureza. Todos e todas falaram da importância dos cursos de capacitação que os assentados e assentadas do Paulo Freire III vem passando e se comprometeram para a continuidade da parceria de todos esses órgãos e instituições para a melhoria do assentamento rural. Uma reunião foi marcada na próxima quarta-feira (09/07) entre todas as instituições parceiras do assentamento rural Paulo Freire III para a construção de um planejamento para ações na comunidade.

O Motyrum Rural se comprometeu a continuar sua atuação no assentamento Paulo Freire III, principalmente devido a esse novo momento que eles passam.

Intervenção Artística Motyrum Rural e Indígena

Intervenção artística Motyrum Rural e Indígena. No dia 15/05, antes da realização do nosso GD sobre o Direito e a Realidade das comunidades do campo e da Floresta, aconteceu uma intervenção chamando a atenção para o problema dos assassinatos envolvendo a luta pela terra. Ambrósio Vilhalva, Xicão Xucuru, Margarida Alves, Zé Milanez, Civan e Chacal, jamais serão esquecidos. A luta pelos direitos indígenas (Ambrósio Vilhalva e Xicão Xucuru), pelos direitos dos trabalhadores rurais (Margarida Alves e Zé Milanez) e assentados rurais (Civan e Chacal) é uma luta que já ceifou milhares de vidas no Brasil e que não pode mais continuar sendo abafada pela mídia. Que esses e demais companheiros que lutam pela terra jamais sejam esquecidos. O Motyrum Rural e Motyrum Indígena fizeram essa homenagem para lembrar a nossa sociedade que o problema da terra é um problema nosso também. Fotos: Taline Freitas

Imagem

 

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Reunião Motyrum Rural-PROART/SETHAS

No dia 06/05, tivemos uma reunião com coordenadora do Programa Estadual do Artesanato (PROART), Elaine Morgado, que faz parte da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e Assistência Social (SETHAS) . Bastante produtiva nossa reunião, que serviu como um contato inicial para a firmação de uma parceria Motyrum Rural – PROART/SETHAS. A confirmação dessa parceria irá garantir uma forma do Estado chegar em assentamentos e realizar projetos de capacitação profissional, principalmente aqueles em que atuamos.

Mulheres de Paulo Freire 3 participam da 1ª Feira de Artesanato e Cultura do RN


As mulheres do assentamento Rural Paulo Freire 3, localizado no município de Pureza/RN irão ter um estande para vendas dos seus doces na 1ª Feira de Artesanato e Cultura do RN. Essa feira irá acontecer em todas as quintas e sextas-feiras de Junho lá na Praça 7 de setembro (em frente ao Espaço Cultural Palácio Potengi/Próximo a Prefeitura do Natal e Assembleia Legislativa) das 15h às 20h. A feira é realizada pelo Governo do Estado do RN, através da PROART/SETHAS. Então bora lá participar dessa feira!

A feira é uma iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e Assistência Social (SETHAS), em parceria com a Fundação José Augusto (FJA). Participarão 200 artesãos dos municípios de Nísia Floresta, São Gonçalo do Amarante, São José do Mipibu, Goianinha, Canguaretama, Vera Cruz, Baía Formosa, Espírito Santo, Várzea, Parnamirim, Macaíba e Natal. O diferencial da 1ª Feira de Artesanato e Cultura do RN é que os visitantes poderão prestigiar o artesanato potiguar todas as quintas e sextas-feiras do mês de junho.

A coordenadora do Programa Estadual do Artesanato (PROART), Elaine Morgado, fala sobre essa iniciativa do Governo do Estado. “Nessa primeira edição, a feira vai beneficiar, indiretamente, mais de 1500 famílias e colocará em evidência o artesanato potiguar em um período no qual Natal receberá milhares de visitantes. Será um ótimo espaço para o artesão mostrar o seu trabalho para o mundo”, explicou Elaine Morgado.

O pavilhão montado na Praça 7 de Setembro, contará com artesanato de várias tipologias, entre elas: esculturas em papel, madeira e palha, pintura em tela, crochê, arte com areia colorida, cerâmica, renda, bordado, entre outras.

SERVIÇO:

Entrada gratuita

Dias de visitação (quintas e sextas-feiras do mês de junho): 5 e 6; 12 e 13; 19 e 20; 26 e 27.

Local: Praça 7 de Setembro (Bairro Cidade Alta – em frente ao Espaço Cultural Palácio Potengi) Horário: das 15h às 20h.

???????????????????????????????

http://sethas.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=31753&ACT&PAGE&PARM&LBL=NOT%CDCIA

 

Projeto de Lei 7447

#ProjetodeLei7447

Desde junho de 2010, quando foi apresentado ao plenário pelo então deputado Luiz Alberto Silva dos Santos (PT/BA), o Projeto de Lei 7447/2010 tramita na câmara dos deputados.

 

De acordo com o projeto, a lei estabelece diretrizes e objetivos para a formulação e implementação de políticas públicas destinadas a garantir o desenvolvimento sustentável dos povos e comunidades tradicionais. Um projeto de lei como esse revela-se de extrema importância, tendo em vista que no Brasil, atualmente, povos e comunidades tradicionais encontram-se em luta constante pela garantia de seus direitos.

O Motyrum Rural participa dessa luta pela aprovação do projeto de lei 7447! Participe também dessa luta e assine a petição pela aprovação da lei nesse link: http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=P2012N28130Imagem

 

Núcleo Rural do Programa Motyrum de Educação Popular e Direitos Humanos

Direitos Urbanos | Recife

Porque a cidade é feita pelas pessoas

Motyrum Rural

Núcleo Rural do Programa Motyrum de Educação Popular e Direitos Humanos